Resiliência, propõe valores cognitivos na Redoma Emocional na vida

https://resiliencybootcamp.files.wordpress.com/2015/02/shutterstock_27372301.jpg

Como a Resiliência, propõe valores cognitivos na Redoma Emocional na vida

Dênis Castro – Gestão Lúdika – 30/Dezembro/2019

Conexões Cognitivas Lúdicas leiam, divirtam-se e escutem este conteúdo Especial para você!

“Bullying Social, paradigma vivo na sociedade, manipulada pelo egocentrismo do mundo moderno, feito por atos e ações”. Desvios: Curta-Metragem

Sou gestor de projetos e consultor lúdico e como aprendiz assimilhei muitas experiências. Tenho orgulho de repassá-las e ecoar em mais pessoas (neste artigo), na arte de relacionar, ouvir e decodificar os ruídos produzidos diariamente nas conexões cognitivas.

Presentes em todos os cenários da vida, família, empresas e gestões (discussões, conflitos, depressão, ansiedade e até princípios para um suicídio). Motivos, que deixam a saúde mental desequilibrada em nós, colaboradores, líderes e gestores. Um jogo emocional desafiante e preocupante.

Mas como um gestor de projetos alcançou essa percepção cognitiva?

Pelas raízes de meus pais e dons presenteados por Deus, bem como, ajudou a traduzir estes ensinamentos na graduação de Cinema e nos estudos dos grandes mestres da sétima arte.

Não como crítico ou analista de filmes!

Mas propor as técnicas utilizadas e apreendidas (interpretação dos personagens e os vértices bons ou ruins neles) e aplicá-las em instituições, empresas e na vida.

Importante dizer, o cinema não é somente uma diversão, mas um pomar de inúmeras soluções cognitivas não ditas e nem vistas. Elas são sentidas, cujo objetivo é melhorar o estado de ser dos semelhantes, consequentemente a nós mesmos.

Como na música Tempos Modernos de Lulu Santos, ela encaixa brilhantemente em minha vida!

Desde criança, o mundo lúdico tomou conta do meu ser. Nas Histórias em quadrinhos da Marvel Comics, trazida por meu pai após o trabalho e nos encontros com os colegas na saída do cinema.

Viajávamos nos personagens e alongávamos suas histórias, além das HQs. Parecia, que conhecíamos a veia dramática dos quadrinistas. (claro, não conhecia esse termo na época rs)

Mas, quando os sonhos tornam-se pesadelos e deixam as redomas emocionais sem saídas!

A ciranda da vida e do tempo não param! Ela gira muito rápido e os sonhos podem ser realizados ou não! Porém existem freios! (daqui a pouco vão entender!)

Em 2005, graduei em Cinema, sonho realizado (começam os freios), cujo trabalho final é elaborar um roteiro com a realização do mesmo. Mas teria, que ser contagiante e ter marcado a nossa vida.

Revisitando minhas redomas emocionais (freios)!

Então, como olhasse para dentro dos meus pensamentos vazios deparai-me, com um medo desafiador, que enfrento e enfrentei até hoje o Bullying Social, como nas escolas, na faculdade e até no trabalho. Devido a perspicácia e visão diferenciada em resolver os problemas, como na utilização dos conceitos e pratica da sensibilidade, algo que incomoda quem não entende.

O tema escolhido foi trote violento universitário, pelas humilhações assistidas na cidade (período de matrículas), onde jovens calouros passam por vexames diante aos veteranos (alguns são muitos cruéis), cujos resultados podem ser fatais pela brincadeira proposta.

Muitos são casos registrados nos jornais (com certeza, deve conhecer alguma história), por calouros intoxicados com bebidas e produtos químicos. Além disso, tem suas roupas rasgadas e sujos caminhando nas ruas da cidade pedindo dinheiro para festas à sociedade.

Motivo da história pronta: dores assistidas dos calouros nos trotes e por mim no Bullying social vivido.

Inscrevemos o roteiro do Curta-Metragem Desvios na Lei de Incentivo à cultura da Cidade de Juiz de Fora da Funalfa, onde foi aprovado em 2005.

Pronto reunir a equipe, realiza os ensaios, ajustar os roteiros técnicos, falas dos atores, diários de produção.

Sabíamos, que teríamos um desafio maior a frente, manter a sincronicidade e gerenciar 70 (setenta) pessoas no set de gravação, durante dois dias, mantendo-os motivados e focados para terminar as gravações no horário combinado e felizes.

Desafio lançado: vamos ao set de gravação!

Um pequeno trecho do roteiro do curta Desvios e a complexidade do tema. O Story-board foi criado pelo amigo Alessandro Correa.

Foto da Página do Roteiro do Curta Desvios
Story-Board de cenas do Curta Desvios

Mas nem tudo são flores: a humanidade é cruel (freios amplificam e muros surgem)!

Agradeço ao amigo Samuel Corni, por retratar brilhantemente a proposta do Curta pela complexidade humana, a partir da arte gráfica nos cartazes, banners etc.

Lembro como hoje, quando anunciamos a gravação dia 7 de setembro, pelo motivo de ser feriado (ruas vazias e logística melhor no trânsito).

Além disso, tínhamos a presença da polícia, departamento de limpeza e a guarda municipal, nada poderia sair errado.

Não teríamos como repetir as cenas (fotos em preto/branco abaixo), devido a realidade das cenas.

Cartaz do Curta Desvios

Até o momento tudo foi ótimo, conseguimos manter as equipes unidas, focadas, alinhadas e respeitando cada um em suas tarefas, preparadas para ajudar quem necessitava.

Graças a Deus, começamos e terminamos no horário marcado. A confiança e fidelidade nos compromissos, fazem total diferença na vida das pessoas.

Essa falta de comprometimento acontece nas empresas, gestores e líderes. Cada um possui um relógio do tempo a realizar, mas a falta de sensibilidade e deficiência em ouvi-los, deixam equipes frustadas e perdas de talentos.

As fotos abaixo foram registradas pelo amigo fotógrafo Wilson Carlos de Carvalho. A escolha do preto e branco, foi provocar sinais cognitivos internos e reflexões. Onde precisamos entender como a sociedade pode ser cruel e gratuita sem emoções, manipuladas pelos pensamentos vazios.

Fotos Making Of - Curta Desvios

Como tínhamos, que realizar as cenas uma única vez (registramos com duas câmeras ao mesmo tempo).

Todos na equipe teriam, que conhecer as cenas e quem estaria envolvido (interno, externo). Assim conseguimos diminuir os ruídos da comunicação, caso acontecesse, um ajudaria o outro. No final do dia, anotávamos, o que não foi gravado na folha Ordem do Dia e também, no que seria feito no outro dia.

Folha Ordem do Dia - Curta Desvios

Após o término das gravações, diversos pais parabenizaram pelo feito realizado e coragem em tocar na ferida, cuja sociedade aceita, mas fala sem agir.

Uma semana após às gravações, participamos de uma campanha colaborativa e convidamos a sociedade a integrar nesta empreitada e propor soluções para o trote violento, como o solidário, cuja equipe doou sangue na Hemominas, ajudando a quem realmente precisa deste néctar da vida.

Muros são levantados e as redomas emocionais são testadas!

Após essa ação social, os problemas começaram, não nas filmagens ou na edição! Mas nos ataques e comentários acusando de ter gasto dinheiro público com bobagem, como roubar dinheiro da população. Todas as mensagem foram compartilhadas no antigo Orkut, ameaçando minha pessoa e alguns amigos da equipe.

Em cima destas perseguições, cumprimos o prazo da lei, exibimos Desvios em escolas, faculdades e universidades, acompanhados com bate-papos, porém os ataques continuavam com o sucesso do filme. Como ao caminhar pela cidade parecia, que carregava uma (culpa) por ter feito esse filme.

Como podem conferir o resultado no vídeo a seguir do curta-metragem Desvios e também o (Making Of, com mais de 70 pessoas no set de gravação, cujo desafio foi gerenciá-los com sensibilidade e sabedoria). Esses vídeos e outros encontram-se no canal no Youtube da Gestão Lúdika e contrasta com a frase inicial deste artigo:

“Bullying Social, paradigma vivo na sociedade”.

Após alguns meses, senti na pele, como o Bullying social, machuca e dilacera sonhos, onde pensamentos vazios ajudam a afastar dos nossos propósitos.

Já estava com mais de 40 anos, não conseguia trabalho ou emprego, a família sofria (emocional e financeira). Os resultados alcançados no filme foram sensacionais, onde mostrou a “dor” de jovens calouros pedindo ajuda e ter ajudado a diminuir os trotes. Mas a mente acumula imagens e sons, onde os pensamentos vazios, a todo momento, envia mensagens como fosse “culpado”.

A verdade amigos, sempre existem interesses maiores pelas ações cometidas à sociedade, como não aceitarem a felicidade dos semelhantes!

Depois da tempestade, vem a calmaria, quando conhecemos os pensamentos vazios!

Sendo assim, tive que virar a chave, quebrar estes pensamentos, que viviam ao redor, onde tristeza e desilusões tomaram conta da minha vida. Fui parar no hospital, diagnosticado como estado de ansiedade, não tinha mais jeito. Pedi a Deus a proteção, onde precisei deixar a minha cidade e a família. Começando tudo de novo e trabalhar em São Paulo, apenas a conhecia pela televisão.

A sabedoria da escolha: teve um preço (distanciamento da família e revê-las algumas vezes ao ano).

Amigos conheceram um pouco da minha história!

Aproveito deixo meu agradecimento a todos da equipe que participaram do Curta-Metragem Desvios. Foi um projeto lindíssimo, sinto-me orgulhoso e vai deixar saudades pela causa defendida.

Se gostaram desta história! Conto depois como foi superar os desafios em São Paulo!

Amigos, não ignore suas redomas emocionais! Procure entende-las!

Virar a chave, depende muito de nós, dos quais a doação e a gratidão me ajudou a aprender com as perdas emocionais e erros vividos.

Agradeço a Deus por ser um aprendiz!

Nossa, foi desafiante escrever este último artigo de 2019, amigos! (tomando um folego)

Agradeço ao amigo Paulo Fernando Silvestre Júnior, de forma surreal, instigou a contar esse momento em minha vida e também a amiga Graziela Rocha Raymundo, em que sempre me diz, que devemos nos jogar, no que amamos.

Dica de ouro, acompanhe estes dois profissionais nas mídias sociais. Eles fazem um trabalho fantástico, pela visão maravilhosa, que possuem sobre os pensamentos em ajudar aos semelhantes.

Então, como citei em Tempos Modernos de Lulu Santos.

Vamos viver tudo que há pra viver, Vamos nos permitir

Portanto amigos, se joguem! busquem abrir suas redomas emocionais, para conquistarem sua felicidade e realizar sonhos. Ela está ao seu lado, agora cabe a você encontrá-la.

Tomara, que este texto, o ajude de alguma forma!

Acabaram de conhecer o 3º (terceiro) coeficiente da equação cognitiva, a Resiliência, onde ajuda a entender os espelhos projetados e refletidos a nós, cujas lentes devem estar sempre limpas de gratidão, amor, carinho e dedicação aos semelhantes.

Espero que tenha conseguido responder, a pergunta, de como um Cineasta e Gestor de Projetos, alcançou essa percepção cognitiva compartilhado em posts, artigos, vídeos e podcasts lúdicos, cujo propósito maior é melhorar as gestões e torná-las participativas à todos.

Onde você vai nos encontrar!

Os ensinamentos agregados, estão à sua disposição para ajudá-los nas suas empresas e melhorar o estado de “Ser” (deixe-nos compartilhar esses conhecimentos nas suas equipes).

Conheça nosso diagnóstico cognitivo?

Esse artigo e outros estão disponíveis nas mídias sociais, no canal da Gestão Lúdika no Youtube (um pedido especial, ajuda-nos a chegar a mais de 100 escritos, convide seus amigos para seguirem e acionarem o sininho). Assim o Youtube, vai entender que o conteúdo é de qualidade e validado por vocês amigos, gerando autoridade nos temas conectivos e nas abordagens na busca de melhorarmos o nosso saber.

A mesma premissa poderá encontrar no portal da Gestão Lúdika, com blogs e mentorias.

Uma frase, que uso para manter equilibrados os meus pensamentos vazios e também slogan da Gestão Lúdika,

“Podemos criar pomares, onde eles não existem!”.

Vamos ao nosso bate-papo sensorial? Deixe seus comentários se gostarem e compartilhem aos amigos!

O quanto você é resiliente aos sonhos? Tem coragem de parar o ciclo atual e retomar sua vida?

Tenha todos, uma linda passagem de ano! Que em 2020, construam seus pomares e sejam equilibrados aos pensamentos vazios, onde conectar ao eu interior é a chave de tudo.

Aguardem o último coeficiente!

O primeiro foi no artigo Com romper as redomas emocionais (você), depois o segundo, Como a doação cognitiva, mantém as redomas emocionais abertas” (doação) e agora (resiliência). A fórmula será revelada no próximo bate-papo.

Agradeço a atenção e compartilhe, caso gostem aos amigos este terceiro presente, pelo objetivo de propor um 2020 diferente e cognitivo a todos, onde visão do Todo é o mais importante.

Siga-nos e descubra, qual será o último coeficiente desta equação cognitiva, onde os conteúdos foram refletidos de vossos comentários, ou seja, nas entrelinhas e não no que foi escrito, mas nas emoções ditas ao compartilhar seus conhecimentos e ensinamentos, apreendidos por Deus, pais, irmãos, tios, professores, amigos, colegas, textos e livros etc.

Gratidão por sua atenção e tomara Deus abençoe os vossos propósitos!

Siga-nos no instagran e no linkedin. Venha ser lúdico conosco!

Vamos juntos nesta caminhada do saber e compartilhar o melhor que temos, nossos dons!

Grande abraço no coração!

Dênis Castro, Cineasta, Gestor de Projetos, Especialista e Consultor Lúdico para Empresas, Escolas e Negócios, Palestrante e Professor. Vivência com mais de 20 anos em Gestão de Projetos ao propor um trabalho diferenciado em utilizar os conhecimentos lúdicos das conexões cognitivas e mapeá-las.

Idealizador do portal lúdico da Gestão Lúdika (experimente e conheça os nossos propósitos e metodologia, cujo objetivo é ajudá-lo a conectar, no que foi deixado de melhor “nossos dons” e torná-los melhores em suas gestões e na vida.

Convido também a participar do nosso Grupo Sensorial no Linkedin, disseminar o conhecimento para gerar reflexões incríveis. Pegue aqui seu ticket.

Este conteúdo encontra-se no blog do portal lúdico www.gestaoludika.com.br.

Obrigado
Dênis Castro
Especialista Lúdico na Gestão Lúdika – Gestor de Projetos

Deixe um comentário

Artigos e Posts da Gestão Lúdika

Sobre o Autor:

Vivência com mais de 20 anos com Gestão de Projetos e Consultor. Atuou em diversos segmentos, rede de franquias, restaurante e corretora de seguros entre outros, foco na implantação, coordenação, gerenciamento e desenvolvimento de novos modelos de negócios.

  Autor: Dênis Castro

  CEO da Gestão Lúdika - Gerente de Projetos com Técnicas Lúdicas | Gestão Empresarial | Speaker Lúdico | Professor | Cineasta

Conhecimento prático nos diagnósticos da gestão, mapeamento de processos (tempo, recursos, custos e riscos), análises de KPI´s para correções e ajustes operacionais. Formação em Cinema, Televisão e Mídia digital, que permite ter um foco estratégico nas atividades

  Autor: Dênis Castro

  CEO da Gestão Lúdika - Gerente de Projetos com Técnicas Lúdicas | Gestão Empresarial | Speaker Lúdico | Professor | Cineasta

aos clientes (diagnósticos, análise de processos administrativos e operacionais), identificação dos Riscos Positivos (individuais e empresa) com acompanhamento do controle dos desempenhos e resultados efetivos. Estuda, desenvolve e aplica a metodologia da

  Autor: Dênis Castro

  CEO da Gestão Lúdika - Gerente de Projetos com Técnicas Lúdicas | Gestão Empresarial | Speaker Lúdico | Professor | Cineasta

Gestão Lúdika ao propor a prática da gestão positiva nos projetos na importância do bem-estar das equipes, times e colaboradores, na adoção da Economia Compartilhada. Propõe Bate-Papos Lúdicos nas empresas para melhorar a todos na equipe por meio da Gestão Lúdika.

  Autor: Dênis Castro

  CEO da Gestão Lúdika - Gerente de Projetos com Técnicas Lúdicas | Gestão Empresarial | Speaker Lúdico | Professor | Cineasta

Professor e instrutor em entidades, associações e colégios, com mais de 15 anos de atuação.

Pós-Graduado em Gerenciamento de Projetos, Melhores Práticas do PMI com ênfase na Administração.

  Autor: Dênis Castro

  CEO da Gestão Lúdika - Gerente de Projetos com Técnicas Lúdicas | Gestão Empresarial | Speaker Lúdico | Professor | Cineasta

Nos ajude, compartilhe:

Compartilhar no linkedin
LinkedIn
Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no linkedin
LinkedIn
Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no print
Impressão

Estamos à disposição, conte conosco!

Nos ajude, compartilhe:

Compartilhar no linkedin
LinkedIn
Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no twitter
Twitter

Estamos à disposição, conte conosco!