Como a doação cognitiva, Redomas Emocionais abertas

https://pixabay.com/pt/photos/equipe-trabalho-em-equipe-juntos-3393037/ Criação de Alexas_Fotos

Como a doação cognitiva, mantém as Redomas Emocionais abertas

Dênis Castro – Gestão Lúdika – 23/Dezembro/2019

Conexões Cognitivas Lúdicas leiam, divirtam-se e escutem este conteúdo Especial para você!

No bate-papo anterior, conversamos, sobre as Redomas Emocionas e os desafios das conexões cognitivas, alimentadas pelos #PensamentosVazios, onde murcham os sentimentos bons (raiva, ódio, angústia, dores, estado de ansiedade e até depressão).

Mas, como trabalha as emoções cognitivas, quando os Pensamentos Vazios dominam o Ser e desconectam do #Euinterior?

Não ignore, olhe ao redor!

Suas equipes são felizes, prósperas e comprometidas com os propósitos da empresa?

Não!

Acompanhe este presente lúdico para sua Gestão, onde vamos conversar sobre o 2º (segundo) coeficiente da Equação Cognitiva.

Caso não tenha o lido sobre o 1º (primeiro) coeficiente. Pare por uns instantes (vale muita pena) e vai ajudá-lo nesta imersão lúdica e propor um 2020 espetacular.

Neste artigo, vamos a uma viagem por suas memórias afetivas e como num lapso do tempo: esquecidas ou paralisadas.

Segundo Coeficiente da Equação Cognitiva!

Como na foto da capa neste artigo, criada por Alexas. Um dos grandes desafios encontrados diariamente nas empresas, pessoal, familiar e social é a Doação, cujos valores cognitivos geram resultados fantásticos.

Vamos conhecê-los?

Vem conosco, imergir e propor reflexões (como brilhantemente compartilham nos seus comentários), manter a Redoma Emocional aberta, onde os Pensamentos Vazios deixam trancada.

Porém não temos como excluí-los de nossas vidas e das gestões, fazem parte do equilíbrio cognitivo!

Equilíbrio, emoção gerada a partir da arte de doar.

Muitos encaram, dar um dinheiro. Mas enga-se doar interage profundamente com o semelhante e o estado do ser (carinho, atenção e oportunidade de ouvi-los nas dificuldades), cuja presença tem um valor cognitivo curativo.

Nas consultorias realizadas e projetos gerenciados, percebo uma falta de doação, que é desafiadora, como discussões e desgastes emocionais, bullying corporativo motivados por líderes e gestores, em que rasgam a cartilha da sensibilidade e doação.

Usam da ignorância, por não terem capacidade de ensinar e cobram algo, que não foi entendido.

Quantas vezes chegaram perto de alguém da equipe e perguntou?

1- conseguiu entender a tarefa?

2- minha explicação ficou coerente com o propósito a ser realizado?

3- surgiu alguma dúvida além, do que informei?

Pelo contrário, falam rapidamente, exigem o máximo da equipe e as perguntas são esquecidas pelo objetivo prático, não escutam ninguém. Com certeza já assistiu estes eventos, concorda?

Mas, onde estão os valores cognitivos na doação?

Esquecidos e com consequências terríveis, perdas de talentos, contratações a todo momento e não adotar a cultura colaborativa em compartilhar o saber.

Não somos os donos do conhecimento, apenas um pedaço de uma grande colcha de retalhos, cada um executa um papel conforme o dom recebido de Deus.

Consegue enxergar esses dons, nas equipes e gestões?

Vamos a um exemplo!

Um importante empresário ao visitar à Nasa, observa um rapaz sorridente, limpando o chão, onde causa inquietação ao empresário, aproxima-se e pergunta, por que está feliz? Ele simplesmente disse! Estou ajudando à levar o homem a lua.

Quantos em suas equipes estão ajudando a levar sua empresa para a Lua?

Um dos propósitos de quando criei a Gestão Lúdika, é ajudar e manter as Redomas Emocionais abertas, em que permitem gerar um valor transformador nas empresas, gestões, líderes, cujas emoções cognitivas vivem num duelo constante, frustram equipes e perdem-se o espírito colaborativo e participativo de todos.

Infelizmente o pensamento do Eu torna-se possessivo e presente em muito cenários.

A Gestão Lúdika foi elaborada por estar desempregado (talvez a idade, tenha dificultado! Não sei!), mas não desanimei. Construí um site do zero em incluir meus dons como soluções lúdicas e melhorar o nosso ser nas empresas (pessoas, líderes, gestores e equipes).

Caso esteja vivendo uma situação desafiadora, não desanime e persista, tudo muda quando acreditamos em nossos dons.

Deus não demora, Ele capricha para dar o melhor!

Mas, como agregar a Doação na vida e nas gestões?

Não é tão simples, depende de nossas atitudes como aprender a ouvir os semelhantes, assim seremos espelhos refletidos em propor amor, carinho e dedicação. Além é claro, ajuda silenciosamente a limpar as lentes sujas das incoerências ao próximo (ignorância, desamor e ingratidão etc).

Vamos ao nosso presente e propor um 2020 cognitivo de melhoria a todos (pessoal, emocional, financeiro, profissional) como nas gestões, empresas e na vida.

1- O que eu preciso melhorar?

Campanha: Adote um amigo!

Nesta inquietação, convido a fazer um exame de consciência nas atitudes realizadas, caso não consiga, recordar este ano dos eventos vividos.

Campanha: adote um amigo redoma emocional

Agregue a arte da doação, como num simples telefonema para um amigo, que há muito tempo não fala ou que esteja no final na agenda.

Experimente! Descobrirá como conexões cognitivas melhoram o nosso ser.

Os benefícios são inexplicáveis, como na visão transformadora no filme Inimigo Meu, produção da Twentieth Century Fox, dirigido pelo gênio alemão Wolfgang Petersen (História Sem Fim, Linha de Fogo, Epidemia etc), interpretado pelos fantásticos Dennis Quaid (Alta Frequência, Viagem Insólita, Quatro Vidas de um Cachorro etc) e Louis Gossett Jr. (A Força do Destino, Águia de Aço, Um Diretor contra Todos etc).

A história envolve um humano e um alienígena no planeta Dracon. Durante um combate caem num planeta de ambiente inóspito e perigoso, em que precisam conviver com as indiferenças e agregar a arte da doação para sobreviverem. Podemos traçar uma analogia com os conflitos nas empresas, disputas entre jovens e os experientes.

Acompanhe o trailer abaixo dessa pérola escondida e agradeço ao canal JP Bazinet do Youtube.

2- Como está sendo o meu papel na minha vida, na empresa, na família e na escola etc.

Manter aberta a Redoma Emocional, é bem desafiante e ficar atento aos cenários, que acontece ao redor (pessoas, eventos e até numa publicação gera insigths), basta estarmos abertos as oportunidades.

Convido a envolver-se profundamente e faça parte de um contexto maior, e pergunte a si:

Qual é o meu papel neste mundo? Como posso transformar e ajudar na evolução dos semelhantes?

Num exemplo simples!

Ao levantar da cama, tem a prática de agradecer pelo dia, que virá ou simplesmente apronta-se e vai correndo realizar as tarefas diárias (trabalho, estudo, busca por relocação, vender um produto ou serviço),

Mas, se acontece algo inesperado,

Levanta e chuta o pé da cama, rapidamente xinga pelo fato ocorrido, depois ao tomar o café, a roupa é manchada, ou seja, por não ter sido grato, viverá situações repetidas, até agregar o perdão pelo fato ocorrido.

Para ilustrar, conheça a série Boneca Russa, produção exclusiva da Netflix e interpretada pela talentosíssima Natasha Lyonne (Orange Is the New Black, Blade Trinity, Ad Astra – Rumo às Estrelas etc) e Charlie Barnett (Chicago Fire, Segredos e Mentiras etc).

Ao assistir a série, essa frase impactou:

“Me sinto vazio por dentro há anos!” Boneca Russa

Quantas vezes sentimos vazios, sem chão, sem alternativas e tudo que fazemos, somos jogados ao chão, em que os contextos encontrados em Nietzsche e Platão, sobre as relações sociais, humanas e psicológicas. cujos Pensamentos Vazios manipulam e mantem a Redoma Emocional fechada e trancada, como exposto no artigo anterior da revista em Quadrinhos do Surfista Prateado, Parábola, fonte inspiradora dos textos.

Pode ser estranho a pergunta, quantas vezes já morreram?

Nas derrotas, que obteve? Nos erros, que não aprendeu? Nas emoções engolidas, o popular (engolindo sapos)? Nas vezes, que deixou de perdoar, como espelhos (semelhantes e a si próprio)? Quantas mágoas carregam? Quantos amigos sumiram do time line da sua vida?

“As pessoas não me reconhecem porque não se lembram de mim. Sou uma sombra.” Boneca Russa

O objetivo deste artigo é ajudá-lo e ativar os sinais cognitivos, nas gestões, empresas e nos negócios. Desenhar um 2020 próspero e equilibrar os Pensamentos Vazios, presentes e influentes no dia a dia.

Os contextos propostos, agregam métricas, que vão além de números, mas nos valores cognitivos nas empresas, gestões e equipes. Somos especialistas em Gestão de Projetos e na Consultoria Lúdica, confira em nosso perfil.

Ao aplicarmos as técnicas lúdicas, não como um entretenimento e diversão, mas propor soluções concretas e profissionais nas equipes, ajudando-os a resolver os ruídos diários, que afastam do sucesso nas gestões, consequentemente ampliamos as análises como perdas nas vendas e clientes, uma das maiores dores absorvidas e não solucionadas nas empresas.

Temos diversas soluções para melhorar suas conexões cognitivas em todos os setores e estamos preparados pelos desafios de suas gestões.

Agende um diagnóstico e tornem suas gestões e equipes incríveis em 2020!

Que tal montar um projeto com suas equipes para 2020 e ouvir suas ideias e considerações. Gostaram, posso ajudá-los!

Nossa metodologia consiste na aplicação da equação cognitiva e manter equilibrado os pensamentos vazios, ao compartilharmos equipes felizes, líderes alinhados e uma experiência ao cliente fascinante e contagiante.

As mudanças e os ganhos são incríveis nas equipes, mais solidariedade aos colegas, preocupação por uma melhoria constante e progressiva, líderes alinhados às gestões. O objetivo final é manter a Redoma Emocional aberta e equilibrar os pensamentos vazios ao “eu interior”.

Aguardem o terceiro coeficiente!

O primeiro foi sobre (você) e agora (doação), cuja fórmula será revelada no último bate-papo.

Agradeço a atenção e compartilhe, caso gostem aos amigos este segundo presente e propor um 2020 diferente, cognitivo a todos.

Siga-nos e descubra, qual será o terceiro coeficiente desta equação cognitiva, onde os conteúdos foram refletidos de vossos comentários, ou seja, nas entrelinhas e não no que foi escrito, mas nas emoções ditas ao compartilhar seus conhecimentos e ensinamentos, apreendidos por Deus, pais, irmãos, tios, professores, amigos, colegas, textos e livros etc.

Vamos ao nosso bate-papo sensorial? Deixe seus comentários se gostarem!

Na vida e nas gestões como trabalha a arte da doação? E como ela podem ajudá-los a melhorar o nosso Ser e manter às Redomas Emocionais abertas e vibrantes?

Até o próximo, coeficiente desta equação!

Muito obrigado pela atenção,

Grande abraço no coração!

Dênis Castro, Cineasta, Gestor de Projetos, Especialista e Consultor Lúdico para Empresas, Escolas e Negócios, Palestrante e Professor. Vivência com mais de 20 anos em Gestão de Projetos ao propor um trabalho diferenciado em utilizar os conhecimentos lúdicos das conexões cognitivas e mapeá-las.

Idealizador do portal lúdico da Gestão Lúdika (experimente e conheça os nossos propósitos e metodologia, cujo objetivo é ajudá-lo a conectar, no que foi deixado de melhor “nossos dons” e torná-los melhores em suas gestões e na vida.

Convido também a participar do nosso Grupo Sensorial no Linkedin. Vamos juntos disseminar o conhecimento e gerar reflexões incríveis. Pegue aqui seu ticket.

Este conteúdo encontra-se no blog do portal lúdico www.gestaoludika.com.br.

Obrigado
Dênis Castro
Especialista Lúdico e Gestor de Projetos

Deixe um comentário

Artigos e Posts da Gestão Lúdika

Sobre o Autor:

Vivência com mais de 20 anos com Gestão de Projetos e Consultor. Atuou em diversos segmentos, rede de franquias, restaurante e corretora de seguros entre outros, foco na implantação, coordenação, gerenciamento e desenvolvimento de novos modelos de negócios.

  Autor: Dênis Castro

  CEO da Gestão Lúdika - Gerente de Projetos com Técnicas Lúdicas | Gestão Empresarial | Speaker Lúdico | Professor | Cineasta

Conhecimento prático nos diagnósticos da gestão, mapeamento de processos (tempo, recursos, custos e riscos), análises de KPI´s para correções e ajustes operacionais. Formação em Cinema, Televisão e Mídia digital, que permite ter um foco estratégico nas atividades

  Autor: Dênis Castro

  CEO da Gestão Lúdika - Gerente de Projetos com Técnicas Lúdicas | Gestão Empresarial | Speaker Lúdico | Professor | Cineasta

aos clientes (diagnósticos, análise de processos administrativos e operacionais), identificação dos Riscos Positivos (individuais e empresa) com acompanhamento do controle dos desempenhos e resultados efetivos. Estuda, desenvolve e aplica a metodologia da

  Autor: Dênis Castro

  CEO da Gestão Lúdika - Gerente de Projetos com Técnicas Lúdicas | Gestão Empresarial | Speaker Lúdico | Professor | Cineasta

Gestão Lúdika ao propor a prática da gestão positiva nos projetos na importância do bem-estar das equipes, times e colaboradores, na adoção da Economia Compartilhada. Propõe Bate-Papos Lúdicos nas empresas para melhorar a todos na equipe por meio da Gestão Lúdika.

  Autor: Dênis Castro

  CEO da Gestão Lúdika - Gerente de Projetos com Técnicas Lúdicas | Gestão Empresarial | Speaker Lúdico | Professor | Cineasta

Professor e instrutor em entidades, associações e colégios, com mais de 15 anos de atuação.

Pós-Graduado em Gerenciamento de Projetos, Melhores Práticas do PMI com ênfase na Administração.

  Autor: Dênis Castro

  CEO da Gestão Lúdika - Gerente de Projetos com Técnicas Lúdicas | Gestão Empresarial | Speaker Lúdico | Professor | Cineasta

Nos ajude, compartilhe:

Compartilhar no linkedin
LinkedIn
Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no linkedin
LinkedIn
Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no print
Impressão

Estamos à disposição, conte conosco!

Nos ajude, compartilhe:

Compartilhar no linkedin
LinkedIn
Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no twitter
Twitter

Estamos à disposição, conte conosco!