Descubra como o poder da Esperança, pode ajudar você a diminuir o estado de ansiedade e aprender com os conflitos

https://www.pexels.com/pt-br/foto/abrigo-alegre-alegria-atraente-1927306/ Foto de Elina Sazonova no Pexels

Descubra como a Esperança, pode ajudar você a melhora a ansiedade e aprender com os conflitos

Dênis Castro – Gestão Lúdika – 12/Agosto/2020

Leia e divirta-se com este conteúdo especialmente escrito para ajudar você a se conectar. Convide os amigos e leve essa inspiração para eles!

Esperança: “Nós não podemos mudar nada, sem que primeiro a aceitemos” (Carl Jung)

Em primeiro lugar, um parêntese, sobre os conteúdos, que compartilho com você.

Sempre, destaco os autores Carl Gustav JungWilliam ShakespeareFriedrich NietzscheStan LeeDaniel Goleman e outros.

Por outro lado, eles ajudaram na construção nos estudos na Graduação de Cinema. Com objetivo de melhorar personagens, e se tornarem verdadeiros, porém impactantes.

Aprendizado ímpar do universo dos quadrinhos.

Em outras palavras, uma ferramenta incrível para ajudá-lo.

Acomode no sofá. Pegue um café ou suco e confira este conteúdo, que foi elaborado para você.

Você conhece a história da “caixa de pandora” na mitologia?

Definição de Mitologia: é a história de personagens sobrenaturais. Cercados de simbologia e venerados sob a forma de deuses, semideuses e heróis, que regiam as forças da natureza. Comandavam raios, ventos, rios, céus e terras, sol e lua. Fonte: https://www.significados.com.br/mitologia/

Um pequeno resumo, sobre a Caixa de Pandora

Em outras palavras, quando Pandora abre um objeto presenteado por Zeus, é liberado toda maldade na humanidade e antes de fechar. Assusta-se ao ver um ser alado, vindo do fundo da caixa.

Significava a esperança.

Como resultado, a falta de entendimento de Pandora, tranca a Esperança para sempre, deixando a maldade solta.

Para facilitar a explicação do ato de Pandora.

O melhor autor para este enigma, é Carl Gustav Jung. Pelos textos e pensamentos, sobre o emocional e as perdas.

Carl Gustav Jung, possui um contexto interessante e desafiador para os acontecimentos atuais, perante a atitude de Pandora.

Para resumir, o cenário atual amplifica às emoções (dores, perdas e inseguranças), ou seja, estado de Ansiedade, a Inquietação e a Perda de Foco.

Deixando os objetivos, mais desafiadores para alcançar.

Portanto, eles caem no esquecimento ou, na perda de confiança, ou seja, cada dia que passa, a esperança fica mais distante.

Calma, respire, confie e acredite, vou ajudá-lo.

Neste artigo, certamente encontrará dicas essenciais, para voltar a ter foco ou validá-las.

“O conhecimento baseia-se não somente, na verdade, mas no erro também” (Carl Jung)

Por exemplo, um case vivenciado.

No entanto, em 2016, gerenciei um projeto numa empresa, que apresentavam muitas perdas emocionais no trabalho.

Enquanto isso, não rendiam o necessário e os colaboradores ficavam desfocados, no que iriam realizar.

Perdas na produtividade pela incapacidade emocional de executar as tarefas e alguns doentes.

Para resumir, a primeira atitude da direção, era demitir e contratar novos colaboradores.

Além disso, poderia gerar prejuízos financeiros e inquietantes.  Da mesma forma, poderia provar fatores emocionais na pessoa demita na perda do emprego.

Consequentemente, não era esse o meu objetivo, naquele momento, ou seja, pedi um prazo aos diretores para validar os processos;

Como resultado 80% (oitenta por centro) dos erros encontrados, estavam nos organogramas (quando existem), nas divisões das tarefas e até na função exercida.

Em conclusão, os resultados destes erros, podem gerar um desconforto emocional nas pessoas. Como desânimo ao trabalhar, ficarem doentes e não produzir o necessário.

Consequentemente, não é um processo rápido!

Portanto, o erro estava no mapeamento dos processos (dentro dos 80%) e não nas pessoas.

Em outras palavras, as pessoas não tiveram culpa. Apenas seguiam as instruções e informações recebidas por seus líderes e gestores.

Por exemplo, não se pode avaliar um livro pela capa, sem antes conhecer o contexto da obra, no que está sendo proposto e interpretado.

No entanto, é preciso ter coragem para admitir e corrigir os erros nos processos, do que simplesmente trocar as pessoas.

Posteriormente vai acontecer com todos, que vierem trabalhar, caso não mude o cenário.

As pessoas querem muito trabalhar, ou seja, precisam de ajuda.

São criativas, no entanto, as ações das lideranças não as deixam participar.

Muitas das ações ocorridas, são pelas falhas dos processos.

Por exemplo, na Comunicação, Empatia e Inteligência Emocional, onde a saída é se adaptar e entender as necessidades de cada um. Gerar a esperança e conectar aos sonhos das pessoas.

Depois disso, fez sentido para você?

A propósito, não deixe de conferir outros conteúdos, que compartilho nas mídias sociais.

Também agradeço a você, por assinar a minha Newslatter.

Certamente, vai ajudá-lo nos momentos mais desafiadores. Como alcançar um equilíbrio emocional, e focar nas soluções para resolver os seus problemas.

Recentemente, compartilhei um artigo, como seria viver diante do caos, a partir da prática da Empatia e da Inteligência Emocional.

Acredito, que vai gostar e muito.

Da mesma forma, a sua opinião, ajuda a criar conteúdos incríveis como estes.

Por exemplo, amo escrever, quando existe uma tela em branco a ser preenchida e com a sua participação.

Imagem: Nickelodeon

Ações deixadas pela abertura da Caixa de Pandora.

Em outras palavras, por mais mitológico. A caixa aberta por Pandora (persona influenciada) deixou brechas nos sentimentos ruins (maledicência, fofoca, inveja, ódio etc).

Certamente, eles estão vivos e presentes em todos os lugares.

No entanto, reabrir a caixa de Pandora é desafiador. Como também devolver esses sentimentos ruins, devido ao inconsciente coletivo.

Além disso, já ouviu falar sobre Matrix, e as escolhas realizadas. Muitas delas impactantes, onde a culpa se torna um sentimento perigoso para a sobrevivência.

Faz totalmente sentido não e?

Imagem: Internet

Jung é incrível!

Jung, em outras palavras, questiona como a humanidade valoriza e aproveita das dores e medos das pessoas, em vez de indicar soluções para ajudar.

Como resultados, os pensamentos. Ao colocar na balança o “homem”, no centro da destruição do seu ‘habitat’ e nas relações emocionais (internas e externas).

Como resultados, os pensamentos. Ao colocar na balança o “homem”, no centro da destruição do seu ‘habitat’ e nas relações emocionais (internas e externas).

No entanto, neste exato momento, quantos estão destruindo a mãe natureza e a si mesmo.

Para resumir, é lamentável e assustador, como as atitudes praticadas são simplesmente para satisfazer o “ego” e sentir poderoso acima de todos.

Imagem: Internet 

Neste podcast, converso sobre a necessidade de abrir o livro da sua vida.

Portanto, o que fazer para interromper este ciclo?

Por outro lado, será, que existem saídas?

Digo, que sim!

Nos anos 80 e 90, um grande sucesso dos quadrinhos Capitão Planeta e os Defensores do Universo, se tornou uma animação sensacional com ensinamentos ímpares.

Além disso, o criador Ted Turner da Hanna-Barbera Cartoons. inspirou em Jung.

Em primeiro lugar, o desenho era formado pelos protagonistas (terra, água, fogo, vento e água) e gerenciado por Gaia (mãe natureza).

Além disso, cada integrante tinha um anel com suas habilidades, em que formavam o Capitão Planeta.

Em outras palavras, um Herói, que combatia todas as atrocidades para salvar o planeta Terra.

Uma pena, que é apenas um desenho animado.

Então, que tal recordar a sua abertura?

“O indivíduo vive para os alvos, assim como pelas causas” Carl Jung

Enquanto isso, o legado de Pandora continua desafiador.

Por exemplo, uma das saídas, é tornar os princípios de partilhar e compartilhar num grande objetivo para substituir o “ego”.

Além disso, transformar este “ego”, num saber. Para ajudar e entender, que o mundo precisa acordar “já” e retomar aos caminhos para conectar a esperança.

Da mesma forma, o planeta Terra está no CTI e respirando por aparelhos. Como nas mudanças no clima e doenças, ambas amplificadas na falta de higiene e exploração desenfreada.

Além disso, a única saída para sobreviver ao caos, é usar máscaras e se manter isolados, por enquanto.

Da mesma forma, Jung provoca sobre as causas vivenciadas e emocionais.

Portanto, para compreendê-las, basta trazer para o momento atual. A partir de um simples questionamento sobre o isolamento social.

1- Por quanto tempo serão usadas as máscaras?

2- Depois, que a vacina chegar, existirá confiança, de que não vai precisar usar as máscaras?

3- A vacina será, definitiva ou cíclica como a H1N1, cada ano uma nova dose?

Por exemplo, para todas as respostas, vão existir novas causas.

Como resultado, a saída é recuperar a esperança, que pode ter sido perdida.

Em outras palavras, precisa de coragem para libertá-la.

No entanto, essa mudança de pensamento, leva um tempo.

Além disso, precisa estar apoiada na fé e ter humildade de clamar a misericórdia de Deus, cuja escolha realizada, reflita num pensamento coletivo, com discernimento deste acordar.

“Até onde conseguimos discernir, o único propósito da existência humana é acender uma luz na escuridão da mera existência.” Carl Jung

Em outras palavras, a busca do ser, proposto por Jung, é um pedido de atenção especial aos seus semelhantes, para ajudá-lo a conectar na luz. Em vez de deixá-lo na escuridão.

Da mesma forma, a Esperança é citada como a solução.

Em suma, quantos hoje estão pedindo ajuda, porém gritam tão alto e ninguém escuta?

Na mesma linha, o imediatismo tirou essa sensibilidade de ouvir, gerando uma ansiedade desafiadora, em que pode levá-lo a uma depressão.

No podcast ao ladocomo no artigo, converso sobre os espelhos e como melhorar o estado de ser. Mais um conteúdo especial para você.

Imagem: Internet 

Recentemente, publiquei uma enquete, no Linkedin, num post. A sua participação foi primordial para este artigo.

Quando ocorre uma perda de autoridade é devido a quê?

Em primeiro lugar, minha gratidão a você, amigo e seguidor, por partilhar da sua sabedoria, seu tempo e tornar este conteúdo ímpar.

Foi escrito por mais de 80 pessoas, que curtiram e interagiram nos comentários. Alcançando mais de 35 mil visualizações e 811 votos.

ResultadosA Falta de Liderança e Incapacidade de ouvir (44%), seguido de (15%) para Cansaço Emocional.

No entanto, os dados levantados, refletem como Jung, nos seus ensinamentos e questionamentos, sobre as relações emocionais entre as pessoas. Um dos maiores desafios do século XXI.

Analisando os percentuais.

A falta de Empatia e Inteligência Emocional, prova que existe um distanciamento complexo para compreender a necessidade de expandir estes sentimentos. Como eles influenciam nas tomadas de decisões e na autoridade no estado do Ser.

Depois disso, por onde começo e melhorar estes percentuais?

Anote com carinho essas dicas e pratique diariamente.

Além disso, os benefícios são extraordinários.

Como prova, que funciona, compartilho um comentário de uma mentorada, que após a primeira mentoria, alcançou resultados fantásticos.

Dicas, para conectar a sua esperança.

1- Primeiro lugar, precisa se conhecer

a) Quem é você?

b) O que os seus dons representam para você? Ajudam ou atrapalham?

c) Quem são as pessoas, que você deve agradecer?

d) Existe algum ensinamento, que você precisa melhorar?

e) Os dons, que possui estão conectados com o seu propósito de vida e no trabalho.

 

2- Segundo lugar, precisa entender o seu dia a dia

a) Quais vitórias alcançou?

b) Quem você ajudou?

c) Quem te ajudou?

b) Quais derrotas obteve, e que aprendeu com elas?

c) Quais ensinamentos aprendeu e possa partilhar?


Este exercício, vai ajudá-lo a ter foco, ser grato e atento aos pensamentos vazios
 
(sentimentos ruins, que procuram brechas para entrar sem perceber).

Da mesma forma é importante que saiba, os Pensamentos Vazios, tem objetivo de deixá-lo triste e desmotivado.

Em outras palavas, os desvios emocionais, questionados por Jung.

Sobre os pensamentos vazios, tem um artigo imperdível, onde explico em detalhes como agem e pode ajudá-lo a conectar e ser grato.

Uma dica extra para conectar.

Por exemplo, na música do filme História Sem Fim da Warner broThe Never Ending Story. Brilhantemente homenageada na série Stranger Things, ela faz um convite sobre o entendimento de Jung.

Para aprender Empatia e conectar aos seus sonhos, é preciso que compartilhe suas emoções, derrotas, erros e dores.

Vai ajudar você a recuperar a Esperança, superar o pensamento do “ego” e substituí-lo com o partilhar de seus conhecimentos às pessoas.

Como na foto de capa deste artigo de (Elina Sazonova no Pexels).

Um sorriso, provoca emoções e esperança.

Agora, é com você amigo, conte suas histórias ao mundo e transforme-as numa esperança, para ajudar as pessoas.

Espero, que tenha gostado este artigo. Foi escrito com sua ajuda (mais 811 votos) na enquete, e tomara a Deus, acrescente, inspirações para você e conecte no seu melhor.

Se gostou, salve este conteúdo, compartilhe a quem você acredita, que precisa desta ajuda, e faça ecoar a esperança a todos.

Precisando, me chame nos comentários.

Quero te ouvir e estou aqui para ajudá-lo.

Se puder siga-me nas mídias sociais e acesse mais conteúdos.

Convido também a conhecer as mentorias Agir, Pensar e Transformar. Elaborada de forma prática para conectar e ajudar a melhorar seu desempenho na vida como no trabalho.

Quem sabe, é o que estava faltando para ajudá-lo, nos seus problemas.

Neste artigo, você teve a oportunidade de conhecer algumas técnicas para se manter focado nos seus objetivos.

Imagina, você ter este acompanhamento para orientá-lo, onde repassarei o meu conhecimento e os erros vivenciados.

Se é a primeira vez que se conecta, a este conteúdo, seja bem-vindo.

Fique a vontade para seguir os conteúdos, que compartilho diariamente nas mídias sociais.

Necessárias para alcançar uma evolução progressiva. Como ficar sempre atento aos Pensamentos Vazios, que amam achar brechas para deixá-lo sem inspiração e sem foco.

Preso num ciclo sem fim e distanciado dos dons que recebeu.

Viva plenamente a sua vida e sorria mais.

Até o próximo!

Vivência e Experiência

Grande abraço no coração!

Dênis Castro.

Siga-nos no LinkedInInstagramFacebookTwitter e YouTube, nos podcasts (spotfydeezeritunes e soundcloud).

Dênis Castro, Gestor de Projetos, Mentoria, Gestor de Vendas, Gestor de Negócios, Professor e Conteudista no LinkedIn. Vivência com mais de 20 anos em Gestão de Projetos, que vai ajudá-lo a conectar aos seus dons e transformá-los em objetivos para alcançar os seus propósitos e na realização de seus sonhos.

Embora realizar um bate-papo lúdico on-line.

Obrigado
Dênis Castro
Especialista Lúdico e Consultor | Gestor de Negócios ! Gestor de Projetos | Professor | Cineasta | Como posso ajudá-lo?

Deixe uma resposta

Artigos e Posts da Gestão Lúdika

Sobre o Autor:

  • Vivência com mais de 20 anos com Gestão de Projetos e Consultor. Atuou em diversos segmentos, rede de franquias, restaurante e corretora de seguros entre outros, foco na implantação, coordenação, gerenciamento e desenvolvimento de novos modelos de negócios.

      Autor: Dênis Castro

      Especialista Lúdico e Consultor | Gestor de Negócios | Gestor de Projetos | Professor | Cineasta | Como posso ajudá-lo?
  • Conhecimento prático nos diagnósticos da gestão, mapeamento de processos (tempo, recursos, custos e riscos), análises de KPI´s para correções e ajustes operacionais. Formação em Cinema, Televisão e Mídia digital, que permite ter um foco estratégico nas atividades

      Autor: Dênis Castro

      Especialista Lúdico e Consultor | Gestor de Negócios | Gestor de Projetos | Professor | Cineasta | Como posso ajudá-lo?
  • aos clientes (diagnósticos, análise de processos administrativos e operacionais), identificação dos Riscos Positivos (individuais e empresa) com acompanhamento do controle dos desempenhos e resultados efetivos. Estuda, desenvolve e aplica a metodologia da

      Autor: Dênis Castro

      Especialista Lúdico e Consultor | Gestor de Negócios | Gestor de Projetos | Professor | Cineasta | Como posso ajudá-lo?
  • Gestão Lúdika ao propor a prática da gestão positiva nos projetos na importância do bem-estar das equipes, times e colaboradores, na adoção da Economia Compartilhada. Propõe Bate-Papos Lúdicos nas empresas para melhorar a todos na equipe por meio da Gestão Lúdika.

      Autor: Dênis Castro

      Especialista Lúdico e Consultor | Gestor de Negócios | Gestor de Projetos | Professor | Cineasta | Como posso ajudá-lo?
  • Professor e instrutor em entidades, associações e colégios, com mais de 15 anos de atuação.

    Pós-Graduado em Gerenciamento de Projetos, Melhores Práticas do PMI com ênfase na Administração.

      Autor: Dênis Castro

      Especialista Lúdico e Consultor | Gestor de Negócios | Gestor de Projetos | Professor | Cineasta | Como posso ajudá-lo?

Nos ajude, compartilhe:

Compartilhar no linkedin
LinkedIn
Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no linkedin
LinkedIn
Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no print
Impressão

Estamos à disposição, conte conosco!

Seja Lúdico

Seja Lúdico

Nossas Mentorias

Assine nosso Boletim e Receba Notícias. SEM SPAM!

Deixe aqui sua impressão lúdica? O que achou deste conteúdo?

Nos ajude, compartilhe:

Compartilhar no linkedin
LinkedIn
Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no twitter
Twitter

Estamos à disposição, conte conosco!